APROVADO O ACORDO COLETIVO POR UNANIMIDADE

EMGEPRON: ASSEMBLEIA APROVA ACORDO COLETIVO DE TRABALHO

Foi aprovado pela maioria dos empregados da Emgepron o acordo coletivo de trabalho que tem validade de 1? de janeiro de 2017 a 31 de dezembro de 2017. A assembl?ia ocorreu no dia 19 de maio na sede do sindicato, no centro, e na sub sede de Campo Grande.


O acordo foi aprovado pela maioria dos empregados da Emgepron


Pelo acordo a empresa reajustar? os sal?rios em 8% para todos os empregados. Este ano empresa pagar? excepcionalmente, em ?nica parcela, um valor indenizat?rio de R$ 900,00. (abono salarial)

A Empresa manter? o atual sistema de fornecimento de alimenta??o aos seus empregados, preparada no pr?prio local de trabalho. Pelo acordo a Empresa conceder? aos seus empregados, por ocasi?o das f?rias regulamentares, nos dias em gozo, um Aux?lio Alimenta??o no valor di?rio de R$ 16,20 (dezesseis reais e vinte centavos) para o ano de 2017.

Ser? pago o Aux?lio Alimenta??o, de mesmo valor, at? o limite de 15 dias, aos empregados que se afastarem por acidente de trabalho ou aux?lio-doen?a. 

A Empresa fornecer? Cesta Alimenta??o aos seus empregados, no valor de R$ 150,00 a todos os empregados ativos inclusive as empregadas em gozo de licen?a maternidade.

Foi aprovado tamb?m o aux?lio creche/aux?lio bab? ? empregada para pagamento de despesas havidas com a guarda, vigil?ncia e assist?ncia de filho(a), no valor de R$ 250,00(duzentos e cinquenta reais) por filho (a) com idade de 0 (zero) at? 06 (seis) anos completos, ou com necessidades especiais sem limite de idade.

Clique aqui e leia o Acordo Coletivo de Trabalho 2017


ÚLTIMAS NOTÍCIAS

09 Fevereiro 2018

Edital publicado dias 09, 15 e 16 de fevereiro de 2018 no jo...

06 Fevereiro 2018

TST COMEÇA A REVISAR PONTOS DA NOVA LEGISLAÇÃO TRABALHISTA D...

05 Fevereiro 2018

RECESSO DE CARNAVAL Informamos que devido ao feriado de Carn...

31 Janeiro 2018

INSS CONCEDERÁ AUTOMATICAMENTE APOSENTADORIA POR TEMPO DE CO...

31 Janeiro 2018

O TRABALHADOR PAGA A CONTA   O governo Temer deu um rea...