Notícias

21/11/2017 - INTEGRANTES DA JUSTIÇA DO TRABALHO OPÕEM-SE A REFORMA TRABALHISTA

  • * Parte do texto publicado no jornal O Globo desta terça feira, 21/11/2017

    Uma parcela dos juízes, procuradores e auditores fiscais, integrantes da Justiça do Trabalho, deflagrou forte oposição à jornada intermitente, como um dos capítulos da reforma trabalhista que entrou em vigor no último dia 11. Aliás, esses próceres da Justiça do Trabalho criticam vários pontos da reforma, já tendo anunciado que não obedecerão integralmente à nova lei.

    A ala dos amotinados conhece bem as regras do jogo. Eles sabem, portanto, que, ao se constatarem quaisquer evidências de ilegalidades na reforma, podem e devem recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF), pois é este o órgão de cúpula de todo o Poder Judiciário, ao qual compete, principalmente, a guarda da Constituição. Por que não tomam esse caminho, que faz parte das regras do jogo democrático?

    Leia mais: https://oglobo.globo.com/opiniao/o-que-juizes-nao-veem-22082485#ixzz4z4GWrZpKstest

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

09 Fevereiro 2018

Edital publicado dias 09, 15 e 16 de fevereiro de 2018 no jo...

06 Fevereiro 2018

TST COMEÇA A REVISAR PONTOS DA NOVA LEGISLAÇÃO TRABALHISTA D...

05 Fevereiro 2018

RECESSO DE CARNAVAL Informamos que devido ao feriado de Carn...

31 Janeiro 2018

INSS CONCEDERÁ AUTOMATICAMENTE APOSENTADORIA POR TEMPO DE CO...

31 Janeiro 2018

O TRABALHADOR PAGA A CONTA   O governo Temer deu um rea...