Notícias

31/01/2018 - O TRABALHADOR PAGA A CONTA

  • O TRABALHADOR PAGA A CONTA

     

    O governo Temer deu um reajuste do salário mínimo de 1,81%, o menor dos últimos 24 anos. O valor do mínimo aprovado foi de R$ 954, o que permitirá uma redução com despesas obrigatórias, como aposentadorias, seguro desemprego, abono, entre outras. Esse reajuste irrisório permitirá ao governo economia que pode chegar a R$ 7 bilhões

     Esse foi o fator determinante que permitirá ao governo bloquear uma parcela menor de seu orçamento em 2018. No ano passado o bloqueio do orçamento foi de R$42 bilhões e foi tão forte que se ventilou aumentar impostos para fazer frente à meta fiscal para pagar os juros da dívida pública que é de R$ 139 bilhões.

     O forte corte nas despesas não obrigatórias permitiu que o governo gastasse R$ 50 bilhões a menos do que o limite do teto de gastos em 2017 Este ano a situação está melhor para as contas públicas, já que a recuperação da economia ajuda a aumentar a arrecadação. Entretanto, a não aprovação de medidas como a tributação dos fundos de investimento fechado e a reoneração da folha de pagamentos poderão gerar perda de R$ 14 bilhões nas receitas. Essa a razão que leva o governo a pensar no bloqueio no Orçamento de R$ R$ 3 bilhões.

     O SINDAUT considera um absurdo que o governo conceda reajuste irrisório do salário mínimo, abaixo da inflação sacrificando enorme parcela da população, justamente a mais pobre, para assegurar economia de R$ 7 bilhões no orçamento do governo. Mais uma vez o trabalhador paga a conta.

    Fonte - Folha de São Paulo

     

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

09 Fevereiro 2018

Edital publicado dias 09, 15 e 16 de fevereiro de 2018 no jo...

06 Fevereiro 2018

TST COMEÇA A REVISAR PONTOS DA NOVA LEGISLAÇÃO TRABALHISTA D...

05 Fevereiro 2018

RECESSO DE CARNAVAL Informamos que devido ao feriado de Carn...

31 Janeiro 2018

INSS CONCEDERÁ AUTOMATICAMENTE APOSENTADORIA POR TEMPO DE CO...

31 Janeiro 2018

O TRABALHADOR PAGA A CONTA   O governo Temer deu um rea...