Notícias

23/05/2018 - EMPRESAS QUEREM TRABALHADORES SEM PROTEÇÃO E MANDAM MILHARES SE OPOREM À CONTRIBUIÇÃO SOCIAL DE R$10

  • Milhares de trabalhadores têm corrido ao SINDAUT para se opor à contribuição social anual de R$ 120, equivalente a R$ 10 por mês. A Convenção Coletiva da categoria foi homologada pelo Ministério do Trabalho no dia 16 de maio. A partir daí, inicia o prazo de dez dias corridos, para se opor ao desconto. Esses recursos, que os trabalhadores estão negando ao Sindicato, servem para a defesa e proteção do próprio trabalhador e seus dependentes como assistência jurídica gratuita, Tratamento Odontológico, Caminhão de Mudanças, descontos em Universidades e escolas.  Assim como assistência social nas seguintes áreas: Auxílio Doença, Auxílio Despesa Familiar, Auxílio Matrimônio, Auxílio Natalidade, Auxílio Invalidez Permanente, Auxílio Funeral, Auxílio Educação, Reembolso Farmácia e Cesta Básica.

    Patrões querem desmonte dos sindicatos e incentivam empregados a não descontarem para o SINDAUT

          O presidente do SINDAUT, Fernando Bandeira, fala como são empregados os recursos dos trabalhadores

    Trabalhador não se deixe enganar pelos maus patrões

    Muitas empresas que não respeitam os direitos dos trabalhadores mandam seus empregados ao SINDAUT para se opor ao pagamento da contribuição social, visando o desmonte do Sindicato, pois sem a organização sindical, fica mais fácil subtrair os direitos dos trabalhadores.

    Trabalhador não se deixe enganar! O SINDAUT é sua última linha de defesa na hora que surge uma demissão injusta ou um direito da Convenção que a empresa deixou de te oferecer. Apenas R$ 10 p/mês não vai onerar seu orçamento. Trabalhador responsável contribui para o seu sindicato, tornando-o forte, e capaz de enfrentar os maus patrões que exploram seus empregados não respeitando seus direitos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ATENÇÃO TRABALHADORES PIS/PASEP LIBERADO NÃO PERCA TEMPO RETIRE SEU DINHEIRO Através de um decreto presidencial o trabalhador que se enquadra nas condições contidas no documento desta publicação tem a...
O SINDAUT participou da audiência sobre “Demandas Repetitivas e Grandes Litigantes” na justiça do trabalho. O objetivo da Audiência Pública foi discutir e ouvir sugestões sobre os problemas dos grande...
O seminário ocorreu no auditório Juracy Martins dia 11 de junho, promovido pela Nova Central Sindical dos Trabalhadores, seção Rio. Contou com as presenças de José Calixto Ramos e Sebastião José, resp...
Ele é o relator de ao menos 18 ações no STF que contestam mudanças Por Felipe Pontes - Repórter da Agência Brasil O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse hoje (30) ver razão...
Organização vai avaliar se o governo infringiu alei com as mudanças na CLT