Notícias

23/05/2018 - EMPRESAS QUEREM TRABALHADORES SEM PROTEÇÃO E MANDAM MILHARES SE OPOREM À CONTRIBUIÇÃO SOCIAL DE R$10

  • Milhares de trabalhadores têm corrido ao SINDAUT para se opor à contribuição social anual de R$ 120, equivalente a R$ 10 por mês. A Convenção Coletiva da categoria foi homologada pelo Ministério do Trabalho no dia 16 de maio. A partir daí, inicia o prazo de dez dias corridos, para se opor ao desconto. Esses recursos, que os trabalhadores estão negando ao Sindicato, servem para a defesa e proteção do próprio trabalhador e seus dependentes como assistência jurídica gratuita, Tratamento Odontológico, Caminhão de Mudanças, descontos em Universidades e escolas.  Assim como assistência social nas seguintes áreas: Auxílio Doença, Auxílio Despesa Familiar, Auxílio Matrimônio, Auxílio Natalidade, Auxílio Invalidez Permanente, Auxílio Funeral, Auxílio Educação, Reembolso Farmácia e Cesta Básica.

    Patrões querem desmonte dos sindicatos e incentivam empregados a não descontarem para o SINDAUT

          O presidente do SINDAUT, Fernando Bandeira, fala como são empregados os recursos dos trabalhadores

    Trabalhador não se deixe enganar pelos maus patrões

    Muitas empresas que não respeitam os direitos dos trabalhadores mandam seus empregados ao SINDAUT para se opor ao pagamento da contribuição social, visando o desmonte do Sindicato, pois sem a organização sindical, fica mais fácil subtrair os direitos dos trabalhadores.

    Trabalhador não se deixe enganar! O SINDAUT é sua última linha de defesa na hora que surge uma demissão injusta ou um direito da Convenção que a empresa deixou de te oferecer. Apenas R$ 10 p/mês não vai onerar seu orçamento. Trabalhador responsável contribui para o seu sindicato, tornando-o forte, e capaz de enfrentar os maus patrões que exploram seus empregados não respeitando seus direitos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FÓRMULA 85/95 GARANTE BENEFÍCIO DE ATÉ R$ 3 MIL Aposentadoria que soma idade e tempo de contribuição é vantajosa para segurado   Os trabalhadores que atingiram as condições de se aposentar por te...
GRÁVIDA TEM DIREITO À INDENIZAÇÃO MESMO QUE DESCONHEÇA GRAVIDEZ NO MOMENTO DA DEMISSÃO, DIZ STF Para a maioria dos ministros, pagamento é devido ainda que empregador não saiba da situação ao demitir f...
INSS: JUSTIÇA RECONHECE REVISÃO E APOSENTADORIA SOBE 78%   INSS: Justiça reconhece revisão e aposentadoria sobe 78% . A Justiça tem sido a alternativa para que aposentados e pensionistas do INSS...
COMUNICADO SINDAUT O SINDAUT comunica aos trabalhadores que o expediente se encerra nesta 5ª feira (11/10) às 17:30. Devido aos feriados do dia 12/10 (feriado nacional) e do dia   15 (segunda-fei...
GOVERNO QUER TRABALHADOR INTERMITENTE NO INSS Proposta prevê inclusão como segurado facultativo, a fim de garantir acesso a benefício como auxílio-doença O governo estuda enquadrar os trabalhadores in...