Notícias

05/06/2018 - FACHIN INDICA SER A FAVOR DE CONTRIBUIÇÃO SINDICAL OBRIGATÓRIA

  • Ele é o relator de ao menos 18 ações no STF que contestam mudanças

    Por Felipe Pontes - Repórter da Agência Brasil

    O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse hoje (30) ver razão para que seja mantida a contribuição sindical obrigatória, que foi revogada pela reforma trabalhista no ano passado. Ele é o relator de ao menos 18 ações na Corte que contestam as mudanças na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

    Uma ação direta de inconstitucionalidade (ADI) sobre a obrigatoriedade da contribuição sindical está pautada para ser apreciada em plenário em 28 de junho. Fachin afirmou que esperará o julgamento, mas que se porventura a análise não ocorra no colegiado, por qualquer motivo, ele deverá decidir sozinho sobre o assunto, em caráter liminar (decisão provisória) e retroativo.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ATENÇÃO TRABALHADORES PIS/PASEP LIBERADO NÃO PERCA TEMPO RETIRE SEU DINHEIRO Através de um decreto presidencial o trabalhador que se enquadra nas condições contidas no documento desta publicação tem a...
O SINDAUT participou da audiência sobre “Demandas Repetitivas e Grandes Litigantes” na justiça do trabalho. O objetivo da Audiência Pública foi discutir e ouvir sugestões sobre os problemas dos grande...
O seminário ocorreu no auditório Juracy Martins dia 11 de junho, promovido pela Nova Central Sindical dos Trabalhadores, seção Rio. Contou com as presenças de José Calixto Ramos e Sebastião José, resp...
Ele é o relator de ao menos 18 ações no STF que contestam mudanças Por Felipe Pontes - Repórter da Agência Brasil O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse hoje (30) ver razão...
Organização vai avaliar se o governo infringiu alei com as mudanças na CLT