Notícias

27/03/2019 - VENTO QUE VENTA LÁ, NÃO VENTA CÁ! PROPOSTA SÓ É BOA PARA MILITARES!

  • VENTO QUE VENTA LÁ, NÃO VENTA CÁ!

    Para o TRABALHADOR comum: Corte na aposentadoria, aumento de idade mínima e tempo de contribuição, fim da aposentadoria especial, perda do PIS, entre outras.

    Tudo isso em favor da REDUÇÃO ORÇAMENTÁRIA defendida pelo Ministro Paulo Guedes.

    Para o MILITARES: Aumento no salário, orçamento obrigatório por 10 anos para os militares, além de aumento das pensões.

    PIMENTA NOS OLHOS DOS OUTROS É REFRESCO

    REESTRUTURAÇÃO MILITAR AFETA DESVINCULAÇÃO DE ORÇAMENTO

    Valor Econômico - Por Fábio Graner | De Brasília

    Enquanto fala de promover uma desvinculação, desindexação e desobrigação do Orçamento, o ministro Paulo Guedes aceitou um forte aumento na rigidez orçamentária ao longo dos próximos dez anos, por causa da reestruturação das carreiras militares anunciado semana passada.

    A proposta cria R$ 86,9 bilhões de despesas ao longo de dez anos que na prática serão consideradas como obrigatórias, ou seja, não poderão ser cortadas de acordo com a conveniência do governo. Uma delas, o adicional de habilitação, que tem o maior impacto, sozinha será maior que os ganhos obtidos pelo governo com a alta de contribuição dos militares para custear as pensões.

    Leia a matéria completa no link abaixo

    https://www.valor.com.br/brasil/6183447/reestruturacao-militar-afeta-desvinculacao-de-orcamento

     

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Em dois anos, número de pessoas com pelo menos duas ocupações no país cresceu em um milhão Daiane Costa, Leticia Lopes* e João Sorima Neto oglobo.oglobo.com 07/04/2019  RIO E SÃO PAULO - Desde qu...
VENTO QUE VENTA LÁ, NÃO VENTA CÁ! Para o TRABALHADOR comum: Corte na aposentadoria, aumento de idade mínima e tempo de contribuição, fim da aposentadoria especial, perda do PIS, entre outras. Tudo iss...
Trabalhadores, partidos políticos, sindicatos e centrais sindicais foram as ruas nesta sexta feira dia 22/03 protestar contra reforma da previdência, no dia Nacional de Luta. A Reforma da Previdência...
Tendo em vista que a ENGEPRON propôs reajuste zero para os salários e benefícios dos trabalhadores, O SINDAUT recorreu ao Ministério Público do Trabalho, que, através do procurador do trabalho Alexand...
SOBRE CCT 2019-2020 E A MP 873/2019 O SINDAUT – Sindicato dos Empregados de Agentes Autônomos do Comércio e em Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas no Município do Rio de Jane...